14 de jun de 2015

Ser mulher...



Antes eu tinha a mania de dizer que queria ser mais mulher. Aos poucos fui lendo e vendo que não é esse o termo correto, eu queria é ser mais vaidosa. Esse sim é o termo correto. Gostar de maquiagem, esmalte, fazer coisas no cabelo e todas essas coisas. Mesmo roupa, por mais que eu goste de me vestir bem e acho que me visto bem, não sei de muita coisa. Tá, não procuro saber também xD

Acho maquiagem legal, mas não tenho a mínima paciência pra isso, não rola eu ser vaidosa. Já tentei, mas não rola mesmo! 

Por que vi que o termo ser "mais mulher", é errado? Porque não ser vaidosa, não me deixa ser menos mulher. 
Aliás, o que é ser mulher? O que é ser homem? Porque não é por ter vagina que sou mulher, assim como não é por ter pênis que a pessoa seja homem. 

Sim, sou mulher, mas não sou vaidosa. Não sou delicada como a sociedade diz que as mulheres devem ser. Até porque, ninguém deixa de ser algo que é porque não e como a sociedade diz que deve ser! 

Me denomino mulher heterossexual, mas afinal, o que é ser mulher?

13 de jun de 2015

Show do Backstreet Boys



Weeee~~

Ontem fui no show do Backstreet Boys *-*  Terceira vez que a turnê deles passa aqui pelo Brasil, mas é a primeira vez que fui porque nas outras, eu não estava aqui.

Fiquei na Plateia superior 3. Apesar de longe, enxerguei melhor que no Super Show. Eu prefiro ficar na plateia, não só pelo valor, mas por ser mais cômodo. Pista é muvuca, cotovelada, abafado, suor, braços levantados com o celular para gravar e tirar fotos... Argh! Plateia já tem cadeiras demarcadas e confortáveis o que pra mim é perfeito. Quanto menos tiver contato físico com desconhecidos, melhor =)

Lugar que fiquei. Esse cabeção que era a estátua xD

As luzes apagaram às 21:45hs e todo mundo já se levantou e começou a pirar o cabeção! Gritos e mais gritos! Eu, inclusive xD O que atrapalhou um pouco a minha visão é que, duas fileiras a frente, tinha um marido que ficou, durante as duas horas de show, completamente parado! Parecia uma estátua! Dava vontade de cutucar ele e falar “Cara, não gosta, senta. Fica sentadinho e tira o cabeção da minha frente.” xD Ah, um “apelo” para as mulheres: NÃO levem seus respectivos ao show, a menos que ele realmente goste. Deixe-o em casa ou no carro. Por favor, pelo bem da nação! Na saída, escutei dois idiotas “Será que ligaram os microfones alguma hora?” e o outro “No playback? Nunca!” ¬_¬ Se fosse meu namorado, ia levar pito! Idiotas, desagradáveis!

Voltando ao show, como eu estava em um lugar longe, não consegui tirar foto boa porque o zoom do meu celular é ruim e acabei me arrependendo de ter deixado minha irmã levar para Lavras. Não, não sou dessas que passa o show todo tirando foto ou gravando e atrapalhando a visão dos outros, mas gosto de tirar uma foto ou outra. Gravei uns trechos, a pedido da minha amiga Deborah. Mas estou com vergonha porque dá pra ouvir minha voz feia com meu inglês tosco xD

Por falar em inglês tosco, fiquei feliz porque entendi praticamente tudo que eles disseram! *-*

Nick falando para agirmos como se tivéssemos 15 anos xD
AJ falou que o Brasil é o país que tem mais mulheres bonitas.E quando vai dormir, só pensa em bunda, bunda, bunda xD E foi essa palavra mesmo: bunda! Tanto é que quando escutei, pensei “Pera! Ele falou bunda?” xD “Shake your bunda”, “We won’t be able to move our bunda”, ri bastante.
Kevin cometeu uma gafe, ele estava nos ieo da vida e no meio disso “Riiiio”, bem forte, empolgado e todo mundo ficou quieto. AJ cochichou algo no ouvido dele e a plateia começou a rir. A cara dele de sem graça, foi tão engraçada! E foi duplamente engraçado porque ele falou “Rio” todo empolgado, não se ligou e ficou com cara de tacho porque todo mundo ficou quieto xD

Foi com banda, onde estava a banda não sei, mas certeza que aquilo era bateria ao vivo! E a voz do AJ? Arrepiei, derreti! Voz maravilhosa, gente! Já era minha voz favorita, ao vivo então, passou a ser mais ainda!

Deh contou que disseram que eles estavam sisudos. Não achei. Brian fazendo gracinha, eles conversando e brincando. AJ falou que dormiram só 4 horas na noite anterior. Hoje vai ter o After Party, então no domingo eles estarão mais cansados, farão o papel deles no domingo.
Eu nem ligo quando umas pessoinhas começam a falar porque parece que nunca foi bom para todo mundo. Sempre vai ter um reclamando, sempre. Depois que li fãs dizendo que o Credicard Hall não é bom, que não tem estrutura e blá blá blá, não ligo para mais nada!

Na saída, escutei duas moças conversando e achei engraçado, apesar de saber bem como é a sensação e dizer a mesma coisa. Elas disseram que eles são exatamente igual do encarte do cd, da TV, não tem photoshop, que eles são lindos! Eu fiquei de longe, então não posso afirmar que são lindos, mas fiquei bem assim quando fui assistir New Kids On The Block e vi a lindeza do Jordan ou Kim Junsu ou Lunafly *-*

Uma coisa que acho chata hoje em dia, é a necessidade que o povo tem em gravar e tirar foto o show INTEIRO! Fica tão concentrado em gravar que acaba não curtindo realmente. Não pula e bate palma como deveria ser. É meio, chato, sabe? Chatíssimo para quem está atrás da pessoa que está gravando porque não há nada mais desagradável do que assistir o show pela tela de alguém e aquele bando de braço levantado! Não sei o que os artistas acham, mas... Depois do show do NKOTB, vi que assistir sem se preocupar em tirar foto, é muito mais proveitoso.

E foi isso, fui sozinha, mas assim mesmo me diverti, me arrepiei, curti, cantei, gritei. E se vierem novamente, com certeza, irei! =)

9 de jun de 2015

Gatos


Quem me conhece, sabe do meu verdadeiro amor por gatos. Sim, gosto de cachorros também, mas prefiro gatos.

Sei lá, me identifico muito com eles. Eles fazem como e quando querem. São independentes. Não fazem questão de agradar e se não gostam, ficam na deles. E eu sou bem assim!

Infelizmente, muitas pessoas falam muito mal de gatos. Nunca tiveram e só propagam mitos que leram por aí. Já li em muitos lugares que, a dificuldade humana em amar gatos está diretamente ligada a incapacidade de amar sem dominar.
Uma das coisas que eu odeio muito que falem é que gato não é companheiro! Como assim? Você já teve para falar isso? Os meus são muito companheiros! Eles sentem quando estou triste e vem me consolar!
Outra é dizer que gato é interesseiro... Tá, e o ser humano não? Li um artigo em que dizia que o ser humano e os gatos são parecidos em alguns aspectos. Não dar confiança para qualquer um, ser desconfiado no começo e interesseiro! Sim, essa era uma das características! Por isso, antes de falar bobagem, analise o comportamento dos seres humanos! Obrigada. De nada!

Uma dica importantíssima para quem quer continuar sendo meu/ minha amigo (a): NUNCA, JAMAIS, EM HIPÓTESE ALGUMA, ouse falar mal de gatos. Um dos piores erros que uma pessoa que acabou de me conhecer, pode cometer é esse: falar mal de gato.
Outro dia, estava conversando com um cara na internet e ele começou a falar bem dos cachorros e menosprezar os gatos. Mesmo sabendo que AMO gatos. Estava prestes a explodir, mas me contive e mudei o rumo da conversa. Só que só por esse papo, já perdeu mais da metade dos pontos comigo, daí depois foi querer ser didático com um assunto super nada a ver e lá se foi o resto dos pontos no placar =)

Enfim, gato é uma coisa que não abro mão de jeito nenhum! Por isso digo que preciso arranjar um cara que ame gatos tanto quanto eu <3 nbsp="" p="">

6 de jun de 2015

Lembranças...


Hoje, não sei por quê, mas estava lembrando de uma coisa cruel que faziam quando eu estava na escola.

"Lista das 10 meninas mais bonitas da sala" e "Lista das 10 meninas mais feias da sala". Fiz parte da lista das mais feias por 2 anos seguidos. E, logicamente, a lista era divulgada. As "feias" eram tão zoadas, mas tão zoadas que nossa... Não sei como não cheguei a chorar na escola e nem quando chegava em casa. Por esses motivos e outros que faço questão, absoluta, de apagar a época escolar da mente!

Pior é que foi em uma época em que estamos em transição com nosso corpo, almejando aquele corpo "perfeito", aquela beleza que a sociedade diz que é perfeita. Minha auto estima foi ficando bem abalada nessa época. Acho que foi por isso que comecei a usar roupas bem largas, cabelão na cara, cabeça baixa, quase não falar com ninguém, ter poucos amigos. Sim, eu era estranha, mas foi o único jeito que encontrei para me proteger ou pelo menos achava que me protegia.

Quando tiver filhos (as) vou ensinar sobre isso. O quão isso é ruim, o quão é errado, o quão prejudica a pessoa.Quantas pessoas se matam por conta disso... É horrível!

A minha auto estima era baixíssima, de tanto que fui zoada. Fui chamada de tantos apelidos, de tantas coisas que, olha, não foi brincadeira.
Imaginem uma pessoa que já se sentia estranha em estar perto de muita gente porque cresceu sozinha, mesmo depois de alguns anos, ainda me sentia estranha em estar no meio de pessoas, de conversar, nunca soube interagir (isso é até hoje), daí começam a zoar a sua descendência, e tudo que você faz vira motivo de piada. Então, essa fui eu na época escolar (não, não é vitimismo e muito menos racismo reverso. Nem ousem falar isso porque isso é ridículo e não existe!).

A auto-estima é algo bem complicado. Aprendi que não tenho que tentar me encaixar no padrão da sociedade. Sou linda como sou, como Deus me fez e pronto! Demorei a conseguir entender isso. Eu estou conseguindo melhorar, mas ainda falta muito e estou trabalhando nisso constantemente! Sempre procuro me vestir bem e confortável, deixar meu cabelo sempre cortadinho, batonzinho passado bonitinho e, tem dias, que me olho no espelho e me vejo linda! E espero que um dia eu consiga enxergar isso todos os dias *-*

4 de jun de 2015

Tá difícil...



Eu não ia falar sobre isso, mas esse negócio está me corroendo, me dando agonia, então preciso colocar pra fora. Hoje fui dar uma volta no shopping, sozinha como sempre vou. Estava lá na boa e um grupo de rapazes começou a me olhar e falar uns "gracejos". Comecei a me sentir desconfortável, então resolvi ir embora. No caminho para o ponto de ônibus, vinha um outro grupo de rapazes e um deles me agarrou! Falei "Ai! Não! Me solta!" e bati no braço dele. Ele me soltou e eles saíram rindo. Pessoas em volta e ninguém para perguntar se estava tudo bem comigo.
Descendo a rua em que moro, um cara que estava no carro parado no semáforo, olhou pra mim com cara de "sedução" (?), fiquei com medo.

Uma amiga falou que eu devia ter ido a delegacia. Eu não tinha provas, foi "rápido", vão fazer cara de c*, escrever de qualquer jeito e arquivar. Pra quê vou me submeter a isso?

Está difícil ser mulher, esses dias... Essa sensação de impotência está acabando comigo. Estou muito, muito triste, uma vontade louca de chorar. 

Não, não é exagero. Não fui "só" agarrada. Fui agarrada por um completo ESTRANHO! Não, isso não e normal, isso não é permitido.

Se coisas assim continuar a acontecer, vou começar a sentir medo de sair de casa sozinha...

Se já não bastasse eu estar com cada vez mais agonia, aflição em estar em lugares cheio de gente...

Vários...


Hoje resolvi falar de uns assuntos aleatórios. Um pouco de cada coisa xD

Primeiro o comercial da O Boticário. Vi que tem incomodado muito os religiosos e não vejo o mínimo motivo pra isso! Pra quê ser fiscal de brioco? Sério, pra que? Deixa todo mundo ser feliz! Toda forma de amor é válida, é linda! Quando vão aprender que ninguém vai "virar" gay porque está vendo outro? Coisa mais besta. Não sei qual a dificuldade de entender isso. Fora que, né? Fazer "campanha" para dar "dislike" no comercial no Youtube, abrir reclamação no "Reclame Aqui" é muito coisa de desocupado! Ao invés de perderem tempo fazendo isso, vão fazer algo de útil! Algum trabalho voluntário, por exemplo e parem de ser fiscal de brioco! 

Segundo: queria saber por que as pessoas parecem se incomodar com o fato de eu estar bem coberta quando está frio. Uso jaqueta, lenço/echarpe (não posso usar cachecol de lã) e dependendo touca também. Aí sempre tem os engraçadinhos que falam que estou no Polo Norte ou "Tá mesmo com frio, hein?". Antes eu não respondia, dava só um sorrisinho sem graça, mas comecei a responder! Falo "Não estou com frio porque estou coberta." ou então "Vim coberta para não sentir frio", aí calam a boca. Povo chato! Qual o problema de EU estar coberta? Tô incomodando? Tô ridícula? O problema é de quem mesmo? ¬_¬ 

Mudando de assunto de novo xD Hoje fiquei p*** com um cara que quis ser didático comigo, só que senti como se ele estivesse me chamando de burra ignorante, sabe? O que ele falou não fez o MÍNIMO sentido, tudo que ele falou eu já sei e entendo! Eu comentei que parece que o mundo está regredindo (e parece mesmo u_u) e o idiota "Mas não tem como o mundo regredir e blá blá blá"... EU SEI QUE NÃO TEM COMO REGREDIR, CARAMBA! FOI SÓ FORÇA DE EXPRESSÃO!! Eu fiquei com raiva na hora, sabe? Aff, 

Outro xD Fiquei sabendo de uma coisa e eu fiquei com um pouco de nojinho de mim mesma, fiquei com vontade de lavar a boca com água sanitária, desinfetante e tal, por mais que eu saiba que não tenha culpa alguma. A única pessoa errada é ele! Ele é o cretino! Claro que estou com muito nojo dele, mas enfim. E então que cogitei a fazer uma coisa porque mulher tem que ajudar mulher, mas fiquei com receio e deixei pra lá. 
Mas fica um adendo: Meninas quando, algum cara que vocês estejam conversando/ saindo começar a falar que a ex é "louca", tente averiguar e saber realmente dos fatos. Tente descobrir se ela é de fato "louca" ou se ele é só mais um cretino que quer colocar mulher contra mulher para sair bem na fita! Isso é muito importante! 

Último, para acabar com o mito de que "Se for homem bonito, pode": ontem estava indo para o voluntariado, olho para a rua e vejo um cara, dentro do carro, bonito muito bonito ( o cara bonito e não o carro), balbuciou algo e me mandou um beijo! E eu O_O Continuei meu caminho pensando "Credo! Nem conheço... Medo! O_O". Pois bem, como podem ver não é que homem bonito tem permissão, ok? Ok. Obrigada. De nada. Bjs
Sim, tem caras que acham que a mulher "deixa" se é um cara bonito. Tipo o relacionamento abusivo do "50 Tons de Cinza" (não digo a parte do sexo, mas o resto), em que acham que a mulher aceitava porque o cara era bonito e rico. O lado ruim disso é que algumas mulheres também "brincam" com o tema estupro quando veem foto de um cara gato... E não, ele não pode abusar sem permissão, mesmo sendo bonito.

E por hoje é isso! Acho que até tinha mais coisa para falar, mas acabei esquecendo e o computador também não estava ajudando, então é melhor finalizar logo!

Até algum dia!! =))