14 de set de 2013

É...


É, vi que você está namorando... Quero dizer, vi sua aliança de compromisso, errado né, já que você não deveria usar no serviço, mas se seu chefe não fala nada... Enfim, não é o poder ou não poder que eu vim falar.
Se eu fiquei “chocada”? Hm... Não... Quero dizer, mais ou menos. Aliás, acho que fico mais “chocada” pelo fato de você não ter tido namorada nesse tempo todo que te conheço. Bom, pelo menos que eu saiba.
Se é ciúme? Não, isso tenho certeza que não é. Mas confesso que estou me sentindo confusa e até um pouco idiota. Mais do que claro que você nunca quis nada comigo. Pelo menos você está me tratando como antes, não com os adjetivos mas não parece distante como um tempo estava ou eu pelo menos te sentia longe.
Confusa, confusa... Minha amiga diz que é ego ferido... Deve ser mesmo, que aliás eu deveria saber o que é isso já que não é a primeira vez que me acontece isso.

Daí eu sempre volto a me perguntar: Será mesmo que algum dia vou arranjar alguém? Apesar de que só trabalhando e ficando dentro de casa não ajuda... Mas enfim, será que vou arranjar?

10 de set de 2013

Hoje


Hoje, quando estava indo para o voluntariado, estranhamente senti mais olhares do que o normal sobre a minha pessoa... E eu estava de calça jeans, camiseta regata branca e camisa azul por cima, nem tava com nada decotado, até porque eu nem uso roupa decotada!

Aí que eu não sei se hoje estavam me olhando mais ou se só hoje que fui reparar nisso... Será que era a roupa? Os óculos escuros? O batom vermelho? Ou o conjunto da obra? Hahahaha, ai, ai que bobagem que tô falando!

Então, eu deveria ficar contente e me "achar", certo? Mas como eu sou uma completa idiota, não fico feliz, fico é sem graça...

Na verdade eu nem sei que reação ter... Como sempre me senti/ achei A Forever Alone nunca reparei muito nos olhares do sexo oposto e isso é um empecilho grande já que eles podem achar que sou uma metidinha >_<

Enfim, não sei o que pensar e nem como agir, mas é bom ter a consciência de que atraio sim os olhares do sexo oposto e sem estar quase pelada =D

8 de set de 2013

Hm...


Uma coisa que eu sempre quis saber: por que alguns pais querem moldar tanto os filhos? Vejo isso em filmes e mesmo no dia a dia, aliás, tem disso bem perto de mim pra falar a verdade.

Moldar os filhos como seres perfeitos só para fazer bonito para os que estão em volta, mas e a verdadeira felicidade deles, onde fica? Manipulam tudo aquilo que os filhos vão fazer, os passos que vão dar... Alguns falam que é por medo de que algo dê errado, medo de perdê-los... Mas se não deixar fazer nada por si só, como vão se virar?

Sim, não tenho filhos então talvez não tenha o "direito" de falar por não saber. Mas falo pelo o que é aqui em casa. Alguns acham estranho por meus pais não ficarem em cima de mim por causa dos estudos e blá, por eu não ser um ser moldado. Convenhamos, asiáticos tendem a moldar os filhos sim, mas os meus pais não são assim. Eles ensinam o que é certo e o que é errado, depois é com a gente. Se fizermos m**** não foi por falta de aviso.

Eu sou toda certinha, mas não é porque moldaram assim, eu que quero ser assim! Sou toda certinha, mas tenho a personalidade forte.

Tem pessoas que na frente dos pais é aquela certinha, perfeita, mas longe se mostra o que realmente é! E o pior, muitas vezes se torna pior por ter que guardar o seu verdadeiro eu! Já vi casos bem perto, aliás.

Enfim, quando tiver meus filhos espero conseguir fazer como meus pais fizeram comigo e meus irmãos =D

1 de set de 2013

Be Happy


Eu sempre vejo, muita gente reclamando da vida, dizendo que ela é injusta, que as pessoas só sabem implicar, que o emprego é uma m**** e tudo mais.
Será que essas pessoas já pararam pensar que reclamam de barriga cheia? Tem dois braços, duas mãos, duas pernas, dois pés e uma cabeça que funciona normalmente! Por que reclamam?
O emprego tá ruim? Aquele curso, faculdade que fez não é o que pensava que era? Faz outro curso e toma outro ruma na vida! Ficar reclamando de nada adianta!
Sim, eu também reclamo, mas não da minha vida e sim dos fregueses que aparecem para atazanar xD
Não acho que tenho alguma coisa a reclamar da minha vida, gosto muito da que eu levo. Até porque, se a minha vida está ruim a única pessoa que pode mudar e dar um rumo novo pra ela, sou eu mesma!
Se a sua família reclama de algo que você faz, sei lá, você deve ter uma parcela de culpa nisso. Por que? Bem, vejamos, suponhamos que você começou um curso, se encheu e resolveu parar. Depois outro e mais outro e outro e nenhum desses terminou, como quer levar crédito em alguma coisa se não consegue concluir nada? Não tem como! O negócio é ter paciência, dar um tapa na cara e concluir algum curso ou ficar no emprego que seja! Mostrar que você é capaz, realmente, de algo!
Quando me disseram que eu era uma pessoa ruim, me senti chateada e confesso que até comecei a acreditar um pouco nisso: que eu era uma pessoa ruim e que afastava as pessoas de mim. Por isso que quis começar o trabalho voluntário pra eu me convencer de que não era essa pessoa ruim. Não saio falando que sou uma pessoa boa ou mesmo espalhando outras coisas que faço porque acho que ninguém precisa saber, eu sabendo que estou ajudando alguém já é o suficiente. Fora que sempre tem algum espírito de porco que vai sair espalhando por aí que estou querendo me vangloriar por estar fazendo boas ações, então para não me estressar, fico na minha.
Não que você deva provar sempre algo para alguém, mas talvez para você mesmo! Pode ser que até você esteja desenganado com você e que não tem mais jeito, que não presta pra nada... Mas não! Eu acredito que todos estejamos aqui na Terra com algum propósito!
Se não está feliz, procure algum hobby, alguma coisa que te dê satisfação! Todos nós podemos e temos o direito de ser feliz!

Já postei essa música do Jammil uma vez, mas vou postar de novo porque gosto dela e acho que tem tudo a ver com o post de hoje!!