24 de ago de 2013

Grrrr...


Eu de boa e você tinha mesmo que aparecer? Sério? Me irritar agora na hora de ir dormir? Será que você nunca consegue ficar sem falar da sua filosofia barata? Cara, você é pior que religioso!

 Achei idiota, ridículo desde a primeira vez que escutei e não, você não vai me convencer de que isso é a "verdade". Por que? Porque, pra mim, isso não faz o mínimo sentido! Você pode até acreditar, mas não venha querer jogar isso pra cima de mim, tá?! Comigo não rola!

Você perde a oportunidade de ficar calado! Aliás, a única coisa que você deveria fazer é ficar quietinho, caladinho na sua e sem querer ficar enfiando caraminhola que você acredita.

Conseguiu me irritar lindamente agora. Obrigada ¬__¬

22 de ago de 2013

Satisfação


   Ontem eu acordei toda dolorida e de noite comentei com a minha mãe que não sabia porque estava sentindo dores. Depois pensei um pouco e lembrei que foi porque eu brinquei no Parque com as crianças, balancei eles no balanço e girei o Gira-Gira.

   Uma das minhas melhores escolhas foi começar o voluntariado, em junho completei 2 anos. Sei que sempre repito a mesma coisa, mas é a mais pura verdade. Receber aquele amor e carinho sincero das crianças é indescritível! Vê-los evoluindo a cada ano, ensinando e aprendendo com eles. Sim, eu aprendo com eles.

   Já teve dias que fui meio desanimada por algo que tinha acontecido, mas ao receber um abraço do nada e sincero, passou! É, passou! Confesso que tem horas que me irrito um pouco, claro. Já que tem tudo quanto é tipo de criança. Eu as amo, mas criança chata, mal educada, birrenta, não rola comigo. Quando vem alguma falar com manha, eu logo falo "Sem manha. Não precisa falar com essa manha toda com a tia!"

   Esse garotinho que está comigo na foto é o Samuel. Um amor de menino! Super carinhoso, bonzinho, não briga, não bate, fala super bem. Lindo! <3 nbsp="" p="">
   Sério, voluntariado é algo que super recomendo! E adoraria levar amigas lá na creche para verem o quão grandioso e gratificante é ser voluntário!

  Se eu tivesse mais tempo disponível iria mais na creche ou até mesmo em outros locais para prestar esse serviço! E quem sabe encontrar meu "príncipe" hehe

21 de ago de 2013

Hm...




Eu... Tem horas que não sei o que estou fazendo. Digo assim, da minha vida pessoal. O que eu sou? Uma pessoa que trabalha muito e tem receio de passar as mesmas dificuldades que passara anteriormente. Uma pessoa com personalidade forte e princípios um tanto quanto quadrados.

Se eu me acho bonita? Sinceramente, não. Não me acho feia como antes, mas também não me acho bonita. Sei lá, não consigo me enxergar assim. Tem dias que minha auto estima está quase no chão. Acho que deve ser por isso que gosto de me vestir bem, pra poder disfarçar.

Tem horas que me sinto uma completa idiota e se arrependimento matasse, eu estaria morta faz muito tempo. Não sinto mais tanto medo na hora de tomar alguma atitude, o negócio está no depois. Sim, depois que faço alguma coisa e tenho que esperar pelo resultado vem aquele sentimento "Besta! Não era pra ter feito aquilo!" ou "Por que eu fiz?", mas depois passa porque eu sei que não adianta ficar remoendo o que já foi feito. O pior é quando eu não sei ao certo se deu em alguma coisa.

Quero conseguir mudar muita coisa, a começar pela auto estima! Faz muito tempo que estou querendo isso, mas está difícil... Sinto invejinha dessas meninas que tem a auto estima elevada. Gostaria muito de ser assim, mas não aquelas que se acham a última bolacha do pacote. Gostaria de estar sempre de bem comigo mesma e esbanjar sensualidade... Brincadeira, sensualidade não, mas confiança! Isso, confiança!

Enfim, 'bora lá, Yayoi! ^^

18 de ago de 2013

Bento


    Apresento-lhes o Bento, meu novo filho! Adotei ele na terça feira! Eu voltei do meu trabalho voluntário e a moça que trabalha comigo perguntou se eu não queria mais um gato, falei que eu queria mas que a decisão não dependia só de mim. Então que ela explicou que uma freguesa é quem estava oferecendo porque ela havia pego do condomínio em que ela mora mas que não podia ficar porque já tem 7! Os antigos "donos" dele, mudaram de condomínio e o abandonaram lá e então que as crianças estavam judiando dele: colocava ele na árvore para ele escorregar, amarravam ele na jaqueta e rodavam e quando ele fugia elas tacavam pedra. Então que o porteiro ligou para essa moça falando que não sabia mais o que fazer. Ela ficou com dó, pegou ele e o colocou para adoção. Na hora já liguei para a minha mãe e nem precisei insistir!

   Ele é super dócil, carinhoso e sossegado. O Gutinho e Chiquinho já estão se aproximando dele!

  Mas ontem, ele foi vítima da maldade humana: ingeriu chumbinho! Não sabemos muito bem de onde e quando ele saiu, mas de manhã cedo ele não desceu com os outros para comer então minha mãe achou que ele ainda estivesse dormindo, mas depois de um tempo ele apareceu na janela, minha mãe deixou ele entrar mas achou estranho. Desci para tomar café, ela me contou e tals, fui dar carinho nele. Peguei ele no colo e ele estava bem mansinho, coloquei ele no chão e ele começou a andar meio torto, mas achamos que ele havia dado um mal jeito quando pulou de algum lugar. Saí para trabalhar e quando estava no meio do caminho minha mãe me liga avisando para voltar porque ele estava cambaleando muito e babando, então provavelmente havia sido envenenado. Voltei pra casa com meu pai e fomos ao veterinário, contei como ele estava, o doutor falou para deixar ele um pouco de lado e após olhar por alguns segundos constatou que ele fora vítima de chumbinho! O doutor pegou os remédios rapidamente e começou com o processo de coquetel de remédios. Me falou que ele havia ingerido uma quantia pequena por isso que não estava tão grave. Misturou dois remédios no soro e aplicou 2 injeções. Depois pediu para que eu desse um tipo de carvão diluído em água, ele falou que quando aquilo entra no organismo age como se fosse uma esponja, então ia absorver qualquer substância que estivesse no estômago, intestino e tals. Lá fui eu dar com seringa e meu pai me ajudando, e eis que o bichinho me mordeu em três dedos! Não dei bronca nele, claro, porque provavelmente aquilo era ruim pra caramba e ele estava passando mal. Acabado o remédio, o doutor deixou ele na gaiolinha e falou para eu buscá-lo só de tarde.

   Voltei pra casa e meu pai voltou para o serviço. Fiquei em casa fazendo minhas coisas mas super preocupada com o que poderia acontecer, se ele ia realmente sobreviver ou não e com raiva desses seres que deixam veneno propositalmente.

   Quando cheguei em casa com ele e vi que ele estava andando normal, eu o peguei no colo, o abracei bem forte e falei pra ele, em meio as lágrimas, para que ele nunca mais faça isso porque fiquei morrendo de medo de perdê-lo! Parece idiota, mas fiz de verdade!

  Hoje fui novamente ao veterinário, o Bento levou mais uma injeção e agora tem que tomar um remedinho para o fígado durante 5 dias.

  Graças a Deus, o Bento foi salvo! Agradeço também pelo excelente profissional que o Dr. Eduardo é! Agora atenção dobrada com portas e janelas para que o Bentinho não saia mais!

   Nina, Chico bebê, Gutinho, Ritinha e Bento amo cada um de vocês! ^3^

16 de ago de 2013

Ehe!


Olha só! Eu acho que você não tem mais efeito sobre a minha pessoa! E agora é de verdade.
Claro que ainda te acho muito bonito, até porque só porque você deixou de gostar da pessoa não quer dizer que você deixou de achar ela bonita, mas enfim... Outro dia a gente se falou e eu não senti, absolutamente, N A D A. YUHU!
Normalmente, eu ficaria toda boba se conversasse com você, mas dessa vez foi diferente. Talvez pelo fato de você não ter me chamado pelos adjetivos de sempre. Tá, confesso que senti falta de ouvir esses adjetivos e confesso também que “broxei” quando você perguntou pela minha irmã, mas vamos relevar esse fato.
Será que você não me chamou pelos adjetivos de sempre porque percebeu que desanimei com você? Se for, você tá certo! E acho que eu também.

Bom e é isso! ‘Bora continuar a ser feliz!! \o/

8 de ago de 2013

Pessoas...


    Eu sempre penso: por que existe pessoas ruins? Por que existe pessoas que gostam de tirar vantagem em cima de outras? Será que é certo chamar de "pessoa"?

    Alguns tem o costume de chamar pessoas ruins de "animal". Eu já discordo totalmente disso. Afinal, animais não fazem sacanagem com outros animais, não pisam nos outros para poder "crescer", não matam por matar, não roubam, não machucam, não magoam, não abandonam... Eu prefiro chamar essas "pessoas" de "coisas".

    Por que querem nos fazer mal? Nos invejam? Não tem motivo pra isso, afinal, o que temos foi conseguido com muito esforço! É só trabalhar que consegue ter o mesmo que nós! E não é muito o que nós temos...

   Cara, eu tenho 30 anos e já trabalhei pra caramba! Eu acredito que trabalhei muito mais do que muitos da minha idade. Não, não estou subestimando ninguém, mas sei que muitas pessoas que conheço, não começaram a trabalhar antes dos 20 anos, então... Eu trabalhei muito e pretendo continuar a trabalhar bastante para continuar comprando daquilo que gosto. Não, eu não esbanjo meu dinheiro, eu aprendi a poupar.

    Me deixa muito triste quando essas coisas aparecem e querem nos fazer mal... Eu fui para o Japão mas não cheguei montada na grana e mesmo que tivesse voltado, não foi nada fácil a minha vida lá!

    Pois bem, o que eu mais quero é que tudo se resolva o mais rápido possível e que nos deixem em paz! Eu quero paz! Apenas isso...

P A Z

6 de ago de 2013

...



     Tive um sonho tão estranho nessa noite que passou... Foi até um pouco assustador (?) na verdade.

      Sonhei que voltava do serviço e a casa estava toda revirada, bagunçada, televisão quebrada, meus gatos machucados, um deles estava BEM machucado e um bilhete bem grande escrito "Isso é só um aviso! Tomem cuidado, vocês não sabem com quem estão mexendo!!"

      E teve a vez em que acordei assustada porque tinha sonhado que alguém havia tacado fogo na minha casa no meio da noite! Só pegava minha bolsa, colocava todos os gatos na mesma casinha e ia correndo pra rua.

      Esse tipo de coisa me deixa meio estranha (?), sabe? Não sei explicar muito bem o que sinto, mas é uma coisa estranha, um pouco de medo talvez, ainda mais depois do que tem acontecido...

     Ainda bem que não é sempre que sonho essas coisas ruins e assustadoras... Seria bom se eu nunca sonhasse isso, mas infelizmente não tem como escolher...

    Bom, já vou me recolher por hoje. Como hoje foi dia do trabalho voluntário, estou cansada. Boa noite para todos ^3^v


5 de ago de 2013

Dias Melhores



Dias melhores virão... Ou pelo menos é o que desejo, sinceramente, do fundo do coração.

Um dos passos já estou dando, aos poucos, mas vou conseguir! Acho que vai ser até "fácil" ou não tão difícil já que nunca fomos nada. Faz um bom tempo que não o vejo, não estou fazendo questão de ver e não está me fazendo a mínima falta. E não, não estou tentando me enganar porque já passei faz tempo dessa fase, graças a Deus! Estou no caminho certo, right?

Tem um empecilho grande, mas muito grande bem no meio do caminho só que esse não dá para eu resolver, infelizmente. Sexta veio uma coisa que meu irmão vai ver na quarta-feira o que é. E esse tipo de coisa me deixa muito apreensiva e triste... Nessas horas que mais sinto falta de ter alguém ao meu lado...

E um tempo eu tinha plena certeza de que não queria ninguém atrás de mim me "enchendo o saco" e agora quero um... Não quero ficar colada, mas quero alguém para compartilhar das coisas...

Enfim... Dias melhores virão...