28 de abr de 2013

Um pouco...

As coisas dificilmente acontecem como a gente espera, né? Pois foi por isso que não estava esperando nada... Na verdade, estava até me preparando para o "pior". Não que estava pensando, esperando ou já sabendo que o pior ia acontecer. Sei, que vai ter gente "Você estava com o pensamento negativo, por isso que não deu certo!", não foi nada disso, ok? Fora que eu nem acredito tanto nisso de sempre estar com 100% de pensamento positivo que as coisas "automaticamente" acontecerão.

Eu estava começando a desencanar porque já fazia mais de 1 semana e nada acontecia e como estava com a cabeça super cheia da coisa péssima que aconteceu nem estava pensando tanto nisso. Então que ontem ele falou que a amiga dele havia "roubado" o celular dele e devolveu só ontem. Ele havia me mandado mensagem de tarde mas só vi de noite. Ele agradeceu, pediu desculpas pela demora em responder e falou que gostou muito. Respondi pedindo desculpas por ter demorado a responder, fiz uma pergunta e ele simplesmente não respondeu mais... Achei que poderia ser o começo de uma "fase"... Não sei, acho que estava melhor antes dele responder, assim me sentia menos ignorada.

Às vezes me arrependo um pouco das coisas que faço. Não estou 100% arrependida, mas sei lá... Não sei explicar direito.

É a terceira vez que tomo a dianteira e me estrepo! Tá, da primeira vez até que me dei bem mas eu era adolescente e nem aconteceu nada por mais que o menino estivesse querendo. Da segunda vez foi muito doloroso e o engraçado é que ele solicitou amizade uma vez e eu ignorei, depois de um tempão mandou de novo e dessa vez resolvi adicionar. Agora curte minhas publicações, curtiu minha foto... Estranho e engraçado ao mesmo tempo!

Tem alguma coisa de errado comigo? Ou eu faço algo de errado? Sou tão intimidadora assim? Mas se fui eu quem tomou a dianteira, pra quê ter medo, vergonha?

Frustrante... Fico desapontada com isso... Acho que não deveria, mas fico...

19 de abr de 2013

Pensando...



Estava pensando... Ele tem cara de que sempre foi popular na escola tanto entre os meninos quanto entre as meninas. Por que? Ele é muito bonito, super simpático, prestativo, sempre parece estar de boa, como não gostar? Não é metido por ser bonito e nem sei se ele se acha bonito...

Se eu era popular? Uuuuh, era tão popular que sofria bullying... Não sofri nada grave, mas não era popular... Eu era invisível, acho. Meu irmão era popular, ele era "o japa roqueiro que tinha vários discos", não estudamos na mesma escola, foi a minha irmã que me contou.

Às vezes sentia inveja dos (as) populares, queria saber como era... Acho que é por isso que hoje eu prefiro estar no anonimato, já cheguei a fingir que não estudei em determinada escola porque não quero lembranças de lá, de nenhuma das duas escolas.

Estou confiante em mim, mas sempre acabo pensando: por que um ser popular se interessaria na minha pessoa? Não que eu não seja interessante, mas.... Ah, nem sei mais...
Melhor eu parar de pensar bobeira e ficar na minha!

18 de abr de 2013

Feito!


Hoje eu fiz uma coisa da qual não me arrependo nem um pouco. Não entrarei em detalhes aqui, mas essa coisa me aliviou um pouco.

Fiquei sabendo de uma outra coisa... Foi bom saber que está guardado com carinho...

Apesar de eu estar sorrindo feito uma boba aqui, estou num misto de alegria e ansiedade. Não quero criar expectativas mas me dá uma certa agonia em não saber o que vai acontecer, que caminho vai tomar...

Estarei torcendo por mim mesma e sei que algumas amigas também estarão torcendo!

Fighting! がんばりましょう!! \o/

16 de abr de 2013

Traumatizada


Quinta feira passada, fomos assaltados aqui em casa. Eu havia saído para ir na padaria e fui abordada por um cara que mandou eu entrar em casa e ficamos em poder deles por uns 20, 30 minutos. Levaram "apenas" dinheiro, celular e relógio. O meu celular não porque não viram.

Não quero contar detalhes sobre o que aconteceu... Eu estou bem traumatizada, não pensei que havia ficado tão assim. Na quinta, depois que eles foram embora, e na sexta eu me mantive forte por causa da minha mãe, mas no sábado de noite eu desabei. Não tinha mais como segurar... Chorei horrores. Minha mãe falou que bem achou estranho eu não ter chorado quando aconteceu.

Quando fico frustrada eu sinto muita vontade de gastar e foi o que fiz no domingo! Gastei mais de R$ 1.000,00 no shopping! E acabei de gastar R$ 309,00 em compra internacional.

Hoje quando dei a sonequinha antes de ir para a creche, a cara dos dois bandidos apareceram no meu "sonho"... Acabaram com meu dia, não consegui ficar em paz nem na creche. Por mais que estivesse recebendo amor e carinho... Estava sem paciência e quase gritei com uma menininha. Aqui em casa acabei gritando com a Nina, mas depois a peguei no colo e pedi desculpas.

Desde o acontecido eu não estou me sentindo muito bem, garganta doendo, corpo meio indisposto, às vezes eu tenho que respirar fundo porque sinto que não está chegando ar o suficiente nos pulmões...

Um tipo de trauma que não desejo pra ninguém... Preciso relaxar, mas não estou conseguindo...


7 de abr de 2013

Pensando...



Logo, logo estou prestes a completar 30 anos... Sim, vou completar 3 décadas... Nossa, falando assim parece muito mais tempo! Rsrs

Para variar estava pensando em como, às vezes, me sinto sozinha, me sinto feia, sinto que nunca ninguém vai se interessar por mim... Por que? Porque, até onde sei, nunca ninguém se interessou pela minha pessoa.

Será que sou tão intimidadora assim? Não é possível que eu seja tão feia... Tá, parei! Não me acho feia... Tá, às vezes... Mas ultimamente até que tenho me aceitado bem.

Enfim, gostaria de arranjar alguém. Não tenho pressa de me casar, só quero uma companhia... Uma boa companhia... Sei que as coisas não caem do céu, mas bem que poderia ser menos difícil do que está sendo ou do que vem sendo desde sempre...

Cara, odeio TPM! Quase sempre acabo pensando nisso, fico triste e com vontade de chorar T-T  D-E-T-E-S-T-O! Não gosto de ficar pensando nisso porque acabo me sentindo menor, meio inferior e não sei por quê!!!!

GAAAAAAAAAAAAAAAAH!!

5 de abr de 2013

Tudo acontece por acaso. Será mesmo?

Não sei, ando pensando... Fico sabendo de algo muito legal, uma coisa que realmente me deixa contente e nessa mesma semana uma coisa do passado volta. Não é estranho? Essas coisas acontecem por acaso? Será mesmo?

Essa coisa do passado continua mesmo no passado e só "deixei" entrar de novo porque vi que já não faz a mínima diferença. Essa coisa legal... Bem... Não aconteceu nada ainda e não sei se vai acontecer e também não quero criar expectativas, mas gostaria que acontecesse. Eu ficaria muito feliz! Enfim, não quero me iludir então é melhor não ficar falando antes.

Não quero ficar pensando no futuro, a única coisa que desejo é que o passado não tenha aparecido para me encher e que a coisa legal se manifeste logo. Logicamente que também não ficarei parada, só que sozinha fica mais difícil. Fora que cansei de cair de penhasco... Pode ser de montanha só! Hahahaha

Não continuarei pensando nisso porque pensar demais cria falsa expectativa, especulações e isso é ruim demais!! Vou continuar na minha e ver no que dá =D

1 de abr de 2013

Nem sempre é o que parece



As vezes nós nos enganamos e nos enganamos feio. Seja com alguma comida, roupa, pessoas..Sejam amigos ou nosso amor. Acho que talvez as pessoas fiquem tão cegas que não conseguem enxergar ou não querem enxergar.

Coisas sempre acontecem sejam boas ou ruins e só cabe a nós estarmos prontos a encarar isso com maturidade e aceitar quando as pessoas a nossa volta estão querendo nos alertar sobre algo e não acreditar cegamente apenas no nosso amor.

Infelizmente, quebramos a cara e isso é inevitável. Serve para nos deixar mais fortes talvez...

Acho que isso deve doer, não sei, só sei que me dói ver uma pessoa que amo, que tanto prezo, estar sofrendo por algo/alguém que não vale a pena.

Enfim, espero que tudo se resolva da melhor maneira possível...